Auto-Aperfeiçoamento Sites De Diretório

do alimento de saúde, conselhos de estilo de vida

Terapia recreativa tornou-se um componente popular de tratamento para muitas áreas da saúde, incluindo a saúde mental. As vacinas são impressionantes. Isso não quer dizer que não são perigos ocultos. Temos muitos novos problemas em nossa sociedade, pois as vacinas têm sido implementadas. A obesidade, diabetes, sim autismo, mais e mais pessoas, TDAH, doenças auto-imunes, Maníaco depressivo, miopia.

Não há nenhuma maneira de trazer à tona, estatisticamente, como as vacinas podem alterar as 100.000 doenças ou condições que afligem os seres humanos. Profissionais médicos, raramente têm o conhecimento estatístico para saber se as vacinas são melhores do que nenhuma vacina. Profissionais médicos, em sua maioria, 99% das vezes ou mais, são apenas cuspir fora o que o guia sugere, e eles estão sob pressão para fazê-lo.

Sério, quantas estatística classes de fazer você pensar que médicos são. Ele é de um semestre de classe. Algo que a maioria das pessoas se esquece quase que imediatamente.

Olhando para a modificação genética a partir de uma perspectiva religiosa é benéfico para a raça humana, quando considerando o quão longe podemos ir. No entanto, a modificação genética não deve ser descartada completamente, mas em vez disso, usados para coisas que vão beneficiar o planeta, medicamentos, fornecimento de alimentos e melhores condições de vida. Eu, portanto, em desacordo com a afirmação de que Só Deus tem o direito de interferir com nossos genes", mas eu acredito que há limites para a modificação genética deve ser usado.

Usando-o para fins tais como a mudança da cor dos olhos de uma ainda por nascer o bebê é completamente desnecessário e só vai levar a problemas tanto com testados modificação genética e socialmente. Em um exemplo extremo, só os ricos, que podiam pagar a modificação genética seria o benefício que poderia levar a física, bem como as diferenças sociais entre ricos e pobres.

Mesmo se esse não fosse o caso, seria errado religiosamente e moralmente para começar a mudar as coisas insignificantes, tais como aparência, quando as pessoas ainda morrem de doenças que poderiam ser evitadas pela modificação genética.

Para tornar a aprendizagem mais eficaz, especialistas também desenvolver a integração de inteligência do computador, que é adaptado a partir da inteligência humana. Eles chamam isso de inteligência artificial. Jogo de xadrez, por exemplo, é um bom exemplo de como o cérebro humano é adaptado no jogo de computador. Isto irá ajudar os alunos a treinar-se sem ter 'real' parceiro. Esta experiência levou ao desenvolvimento de um outro programa chamado de sistemas especialistas. Estes são pacotes de software que permitem a sabedoria coletiva especialistas em um determinado campo a ser exercida sobre um problema. Um dos primeiro sistema a ser desenvolvido é chamado MYCIN, um programa que ajuda a formar médicos para fazer o preciso diagnóstico das doenças infecciosas, em base de testes e informações sobre o paciente alimentado no computador.

Lesch-Nyhan síndrome dolorosa doença terminal. De acordo com o Instituto Nacional de doenças Neurológicas e acidente vascular cerebral, ou NINDS, uma divisão do NIH, Lesch-Nyhan síndrome é uma doença genética, causada por uma deficiência da enzima hypoxanthine-guanina phosphoribosyltransferase, ou HPRT. O NINDS estados que, sem suficiente HPRT, ácido úrico, acumula-se nos fluidos corporais de uma pessoa com Lesch-Nyhan síndrome. Ácido úrico acumulação provoca graves gota, falta de controle muscular e moderado retardo. Estes sintomas normalmente aparecem no primeiro ano de vida. Níveis elevados de ácido úrico causam cristais de urato de sódio a se manifestar em uma pessoa, articulações, rins e sistema nervoso central, que provoca significativa inchaço nas articulações e graves problemas renais. De acordo com o NINDS, Lesch-Nyhan síndrome também é caracterizado pela auto-mutilação, comportamentos que se desenvolvem no segundo ano de vida. A maioria das pessoas com Lesch-Nyhan síndrome de morrer de insuficiência renal na primeira ou segunda década de vida.

Há muitos fatores desconhecidos, mas construir a estrutura do plano, primeiro com os elementos que você pode ter certeza. Formar uma comissão com todos os principais áreas de representação, incluindo a liderança executiva. ACHA Diretrizes para a Pandemia de Planejamento fornece uma lista como um exemplo que pode ajudar você a reunir esta. Identificar as funções críticas no caso de uma pandemia e o pessoal do campus, responsável por cada uma destas, certificando-se de que haja número suficiente de pessoas, representando cada função que, no caso de algumas ficam doentes, o plano não é comprometida. Identificar os tomadores de decisão, uma cadeia de comando, e que os canais de comunicação devem ser utilizados. Finalmente, decidir sobre o papel dos serviços de saúde para estudantes. Muitos campi terão o aluno diretor de saúde como a decisão no caso de uma pandemia, mas para alguns será mais apropriada para o estudante, diretor de saúde a ter um papel consultivo em vez disso. Em qualquer caso, a faculdade de profissionais de saúde vai ser crucial para o sucesso de qualquer plano.